segunda-feira, 5 de maio de 2014

Brasil, il!

Existem muitas coisas a serem melhoradas no Brasil, a cultura de jogar a responsabilidade no outro é a primeira a ser corrigida, em minha opinião.
Hoje ninguém é mais responsável por seus atos:

O bandido que rouba é vítima da sociedade, a responsabilidade não é do infrator (porém todos têm o livre arbítrio de trabalhar, seja no que for, todo trabalho é digno).
Alunos não tiram nota baixa, é o professor quem "dá de presente" a nota baixa ao aluno (Como se a nota não fosse o resultado do próprio esforço).
Estaciona-se em vagas para deficientes pois não há vagas suficientes (Como se não fosse possível estacionar um pouco mais longe e usar as próprias pernas).
A culpa por um monte de coisas é do governo (como se ninguém sonegasse, ou atravessasse o sinal vermelho de vez em quando).
O público não agita nos shows porque é frio (como se todas as bandas fossem extremamente boas).
Basta acontecer algo, que instintivamente começamos a procurar um culpado.
Hoje, ser coitado no Brasil dá mais lucro, existem milhões de bolsa alguma coisa...
Como no dia que fui reclamar com um gerente em uma loja de departamentos sobre um mau serviço, ele ligou para várias pessoas, sempre se eximindo de sua responsabilidade sendo que o correto seria usar sua autoridade do cargo e fazer a ordem ser cumprida, lembrem-se a culpa não é dele, mas de sua cultura.
Se todos nós começarmos a assumir nossas responsabilidades e cobrarmos que os outros a nosso redor cumpram as suas, certamente muita coisa melhorará, embora não cobramos os outros por medo de ficar mal na fita, da mesma maneira quando somos cobrados ficamos de mal com a pessoa.

Se não melhorar a culpa não é minha, é da cultura do país.

Nenhum comentário:

Postar um comentário