sábado, 30 de março de 2013

Apenas viva.

Não consigo entender um monte de coisas, já perdi noites de sono tentando. Desisti de tentar entendê-las, com isto continuo ignorante, mas com um pouco mais de paz interior.
Deixei de querer que os outros pensem igual a mim, com isto comecei a querer pensar diferente de mim.
Notei que estou preso a um mundo de pré-referências e pré-conceitos, aceitei-os e deixei te tê-los, pelo menos alguns.
Estou no caminho de tentar aceitar os outros como eles são, com isto comecei a me aceitar melhor.
Quanto mais velho fico, mais idiota percebo que sou. A idade não nos des-transforma dos idiotas que somos, apenas consolida as verdades imutáveis.
Velhice traz sabedoria, dirão, mas existe o risco de a velhice trazer o conformismo e o apego a velhas idéias.
Quando entendi que não te entendo, te aceitei. Quando entendi que não me entendo, me frustrei.
Viver é um emaranhado de dilemas, posso fechar os olhos e me recusar a vê-los, ou abrir os olhos e aceitá-los.
Pouco a pouco sonho com o dia que poderei finalmente ver o mundo como uma criança, mas uma criança independente que escolhe seu destino.
A morte se aproxima a cada dia, invisível, imprevisível, não há como se esconder, então é necessário não se preocupar com o inevitável, apenas viva.

segunda-feira, 11 de março de 2013

Banda = Trabalho em equipe.

Sempre me questionei sobre o que é uma banda? Vemos grandes bandas fazerem sucesso, vemos músicos famosos viajando pelo mundo e sempre ficamos fascinados por isto.

Faz pouco tempo que aprendi uma grande verdade: Banda = Equipe.

O que é uma equipe? 
-Equipe é um grupo, e o grupo possui um objetivo. Cada membro do grupo deve possuir alguma habilidade, e a habilidade de todos os elementos, quando somadas devem ou deveriam tornar o grupo muito forte.
As habilidades de todos devem ser complementares umas as outras, caso contrário o grupo terá pontos de fraqueza, e caso haja muitos pontos, o grupo se quebra ou não atinge o objetivo, ou se atingir o objetivo o perde rapidamente.

Em uma analogia com um time de futebol, podemos entender melhor:

Não existe um time de futebol que foi campeão de várias competições se algum membro da equipe não era minimamente bom em sua função. Tomemos como exemplo o Corinthians Paulista. Para que a equipe fosse campeã, todos da equipe eram muito bons. Alguém aí, cite um jogador ruim da equipe campeã do mundo. Mas, além dos jogadores, os preparadores de goleiro, os preparadores físicos, o técnico, o pessoal da equipe médica, o pessoal da alimentação, o presidente, o pessoal do marketing. Enfim, o trabalho foi em sua totalidade, irrepreensível, foi perfeito. Se alguém em qualquer posição da equipe fosse ruim, será que o time alcançaria o sucesso que alcançou? Será que isto explica porque os times entram em uma fase áurea e depois levam muitos anos para repetirem a façanha?

Voltando a falar em bandas, alguém aí consegue apontar quem no AC/DC é ruim? Ou no Guns, ou no Queen, ou no Nirvana, ou Ramones. Todos são ou eram muito bons no que faziam, mesmo que não apareça a olho nu, mesmo que aparentemente o músico não toque nada. 

Será que quando vamos aprender a tocar um instrumento, aprendemos a verdadeira função que nosso instrumento e que nossa personalidade tem em um grupo/equipe musical?

Qual a função verdadeira do Baterista, baixista, guitarrista, tecladista, violonista e vocalista em uma banda?

Normalmente o que acontece é uma briga de egos, onde um quer ser melhor que o outro, um quer aparecer mais que o outro. Posições  que dão mais visibilidade, como uma banda por exemplo, tendem a exacerbar o ego e prejudicar a equipe.

No próximo post, falarei um pouco sobre a função dos integrantes de uma banda, segundo minha opinião, claro.


Abraços e até a próxima.