segunda-feira, 4 de junho de 2012

O quê você quer?

Ultimamente uma coisa tem me passado pela cabeça com uma certa insistência: - O quê realmente eu quero?


Existem fases na nossa vida em que nos pegamos fazendo balanços sobre a quantas anda nossa vida. Pesamos tudo, aquilo que conseguimos e o mais importante, aquilo que ainda não conseguimos!
Se pararmos para pensar constataremos que basicamente temos 3 pilares sobre os quais construímos nossa vida: Relacionamentos (amizades e amorosos), Profissional e Familiar ( a família em que nascemos e a que construímos).
A felicidade plena acontece quando estamos bem resolvidos em todas as áreas citadas, e lógico, já da para perceber o tamanho da encrenca, e claro nem tudo depende só de nós mesmos. Falaremos do que nos é tangível.


Com o passar do tempo aprendi que para tudo o que queiramos fazer é necessário estar bem resolvido, bem decidido. Vai fazer faculdade? Não adianta pensar assim: -Vou fazer alguma faculdade de alguma coisa pra poder trabalhar em algum lugar pra poder fazer algo na vida. Ou ainda: - Preciso inventar alguma coisa pra ganhar grana.O universo é como um gênio da lâmpada, ele precisa de dados específicos e claros para poder conspirar a nosso favor. 
Não sabe o quê quer exatamente? Comece listando tudo aquilo que NÃO quer, é um bom começo também. Algumas pessoas descobrem desde muito cedo o que farão pelo resto da vida, normalmente estas pessoas são felizardas, pois terão mais tempo para se dedicar objetivamente em prol daquilo que escolheram fazer, ou foram escolhidas, se preferirem.
As vezes passamos nossa vida trabalhando, guardando um pouco de dinheiro, gastando outra parte, sonhando em ganhar mais dinheiro pra comprar coisas que não sabemos exatamente se precisamos na esperança de talvez quem sabe, nos sentiremos mais felizes.
Algumas pessoas vão às compras, sem saber exatamente o que irão comprar, é o típico pensamento: -Quero comprar alguma coisa, quem sabe se eu ficar olhando nas vitrines eu encontre alguma coisa de que preciso.
É necessário ter metas bem claras e definidas, pra tudo! Tudo sem excessão.
Quer fazer uma faculdade? Pergunte-se: - Qual carreira pretendo seguir? Que tipo de profissional pretendo ser? Que tipo de profissional não quero ser? Quantas horas pretendo trabalhar? Quanto pretendo ganhar? 
Quer arrumar uma compania? Pra quê? Pra curtir apenas ou pra construir uma família? Que tipo de pessoa eu quero conviver? Que tipo de pessoa eu não quero conviver de forma alguma?
Quem sou eu? Quem quero ser? Por quê quero ser?
Quer trocar de carro? Por que? Porque seu carro já está velho, ou só pelo prazer de comprar? Que carro você quer? Por que este modelo?
Uma vez respondidas as questões que a vida propor, será necessário muita coragem para seguir aquilo que o coração definiu, afinal sempre existirão tentações que podem nos tirar do caminho. O universo conspira a favor daqueles que sabem bem o que querem e que sabem falar não para tudo aquilo que não querem. 
O universo vai testar nossa fé! Vai nos mandar boas propostas, mas das que não são do nosso caminho, apenas para testar o quanto realmente queremos aquilo que escolhemos.
Pode parecer chato ficar questionando tudo, mas com o tempo os questionamentos colocam as coisas no seu devido lugar, e tudo passa a ter o valor que deve ter, sem subestimar ou superestimar nenhum deles.
Nem sempre encontraremos todas as respostas, mas tenham em mente que uma pergunta bem formulada já é 50% da resposta. Perguntar bem é virtualmente responder.
Fica óbvio que muitas vezes serão necessárias algumas adaptações nas metas, são as famosas correções de rota, é necessário maleabilidade sem perda de foco, é um equilíbrio difícil de ser encontrado.


Todas as pessoas de sucesso contam que sempre acreditaram em seus sonhos e que trabalharam muito para atingir suas metas, e todas dizem que sempre souberam onde queriam chegar, foram taxadas de radicais muitas vezes, mas dentro de si mesmas, sabiam EXATAMENTE o que queriam!
Todas elas dizem que agindo assim, o sucesso sempre vêm!


Se você é uma pessoa que não tem certeza de seus objetivos, ou se ainda nem descobriu se tem algum, não tem problema, as vezes também é pra ser assim, afinal pra tudo sempre há duas opções, apenas entenda onde você está, porém é necessário cuidado, pois a maioria das pessoas que não sabem o que querem são pessoas totalmente desmotivadas.


"Quando aprendemos a perguntar, aprendemos também a não pegar aquilo de que não precisamos, tornando assim a jornada mais leve, facilitando a chegada ao tão sonhado destino".


Abraços


2 comentários:

  1. Du, pra variar, tão fácil de se identificar e tão difícil de realizar... Viver é uma coisa que sempre exige muito, apesar de seus momentos extremamente simples. Concordo que cultivar a dúvida sempre nos acrescenta mais que viver só de certezas. Grande abraço e obrigada pela reflexão. =o]
    Cris Cinat

    ResponderExcluir
  2. Oi Cris, você tem razão. A maioria das vezes na nossa vida já temos em mente o que deveríamos fazer, porém partir para a ação requer muita coragem, e o medo sempre nos paralisa.
    Obrigado por ler e comentar!

    ResponderExcluir